Zen

Zen

 

A filosofia do Kyokushin encontra-se reflectido nas máximas seguintes:


...mil dias de treino, um principiante; dez mil dias de treino, um mestre..."Karate é a arte marcial mais parecida com a filosofia Zen. O Kyokushin abandonou a espada. Isso quer dizer que transcende a ideia de ganhar ou perder para se tornar numa maneira de viver e pensar para o benefício de outras pessoas de acordo com o caminho do céu. E assim o seu significado alcança os níveis mais profundos do pensamento humano (Oyama " The Kyokushin Way). No Karaté, mais importante que a técnica ou a força, é o espírito que vos permitirá agir em total liberdade. Para se conseguir uma boa atitude de espírito, é necessário praticar a meditação Zen. Está certo, quando se diz que esta meditação necessita de um estado de ausência de pensamento, criando condições para que as nossas possibilidades possam emergir.O estado Zen de renúncia de si mesmo é a mesma rejeição dos pensamentos egoístas e a preocupação no bem estar pessoal que o artista sente em plena criação. O homem que quer seguir a via do Karaté, não pode deixar de praticar Zen e o aperfeiçoamento espiritual.A traição de Brutus para com Júlio César é bem conhecida. É impossível que uma pessoa do género de Brutus, possa existir no seio dos meus numerosos alunos. E não sei o que faria em semelhante situação... É muito provável que eu esmagasse essa pessoa, mas não deixaria de me afligir. É fútil perseguir alguém que já fugiu. Os traidores geralmente perdem os seus amigos. Muitas vezes a traição é inspirada pelo interesse do dinheiro ou do protagonismo. Mas, aqueles que se apercebem, acabam por abandonar o traidor que é, então, ,traído pelos próprios amigos.

Zen